Grand Prix KO #01 Mini 6-Max Day 1: $50K Gtd. $5.50 de buy-in. Começando em
1 Horas
12 Minutos
58 Segundos
Jogue agora
Close

Poker School

Lay down: como desistir de uma grande mão no poker | partypoker

Jogadores de poker habilidosos sabem que às vezes você tem que desistir de uma grande mão. Esta seção explicará como e por que:

Uma coisa em que os entusiastas do poker mais concordam, independente de quão experientes eles são, é que eles odeiam ter que desistir. Ser eliminado com uma mão fraca nem é tão irritante, o pior é desistir de uma mão de cartas fortes que sabemos que tem potencial.

Para manter você por dentro, quando um jogador de poker se refere a um "laydown", significa desistir de uma mão que podia ter vencido. O fato é que nem toda mão forte é invencível. Você pode ter um grande potencial até o momento em que o flop, turn e river são revelados e as novas cartas criam novas maneiras de vencer você.

Com a mudança para jogadas agressivas e mais soltas, desistir de uma mão boa é uma arte que está se extinguindo. Era uma vez jogadores de poker que tinham mais cautela e eram menos propensos em arriscar ao pagar uma aposta, porque uma mão mais fraca não valia a pena jogar. O ganho em potencial pode obscurecer nosso julgamento e nos distrair de sinais dos quais deveríamos prestar atenção. Então, para melhorar suas chances de um dia ser um grande vencedor, talvez você deva se inteirar da arte de fazer um laydown.

O sentimento

Sabe quando você de vez em quanto adivinha que tem algo de errado? Jogadores de poker têm isso durante os jogos. Você está sentado à mesa e sente aquele pequeno frio no estômago e uma pulga atrás da orelha dizendo que sua mão de cartas não é páreo para as outras. Você ignora e tenta avançar ou desiste de cara e elimina todos os riscos de perdas?

Os jogadores de poker referem-se a isso como "sensação", mas, em termos leigos, é o seu subconsciente, a partir de experiências passadas, lembrando você das potenciais consequências no jogo. O que você faz com essa informação depende inteiramente de você.

Os melhores jogadores são aqueles que seguem esses instintos e desistem enquanto estão à frente.

Sinais de perigo

Se você não é bom em ler os sinais de perigo, você não está sozinho. Eles surgem no mais simples dos movimentos e podem facilmente fazer você cair se você não for rápido o bastante para percebê-los.

Que tipos de movimentos você deveria estar procurando? Bem, para começar, apostar com a intenção de aumentar (check raises) e mini-aumentos são um sinal de neon acima deles piscando a palavra "perigo". Uma mão com potencial para ser a melhor mão (as nuts) também não deve ser desprezada. Em caso de dúvida sobre o potencial de perigo, talvez você deva voltar um pouco e pensar no momento antes do flop. Se eles pagaram quando você esperava que eles aumentassem (flat-call) e então deram um check-raise em um flop pequeno ou intermediário, existe uma boa possibilidade de que tenham um par em suas mãos.

Você pode determinar muito sobre o valor das cartas de um oponente com base na quantidade de fichas que eles colocaram, dando dicas a você se sua mão tem força para pagar a aposta.

No momento em que a carta do river aparece, uma pergunta que você deve se fazer é: Eles realmente têm uma mão com esse valor mais alto, ou eles estão blefando? Há sempre a possibilidade de sua mão ser derrotada.

Ciência estranha

Decidir o que fazer durante um jogo pode ser facilitado se você combinar instinto com ciência do poker.

Parece mais complicado do que realmente é. Vamos dar uma olhada mais de perto em algumas decisões pré-flop para começar. Em No Limit Hold'em, muitos das melhores laydowns são feitos no pré-flop, apesar do jogador ter recebido uma boa mão inicial. Por quê? Porque isso impede que muitas fichas sejam perdidas de uma só vez.

Você pode ser cético quanto a esse tipo de manobra. Por que não esperar até depois do flop se você tiver uma boa mão inicial? Na maior parte, esse tipo de decisão baseia-se na quantidade de fichas que você tem. Veja, problemas podem surgir quando você está enfrentando uma ação pré-flop em uma mão boa, mas não muito boa. Se você aumentar com uma mão como 10-10 ou J-J e acabar levando um repique, é uma decisão que muda o jogo.

E então, por mais tentador que seja pagar o repique e ver se o flop te ajuda, pode ser muito fácil acabar em uma armadilha. Por exemplo, imagine que você paga um repique com um 10-10 e o flop vem como 7-4-2, suas fichas quase que com certeza vão ser vencidas por uma mão melhor, porque o valor é baixo. É por isso que você pode agradecer por desistir no pré-flop.

Probabilidades, eu pago

Entrando nas probabilidades do pote: Quanto você diria que elas são importantes para o processo de fazer um bom laydown? A resposta é extremamente importante, mas é impressionante a quantidade de jogadores que não consideram. Ou usam as probabilidades incorretamente

Para explicar, quando a aposta está terminando, geralmente no river ou quando estão indo em all-in, esse é o ponto em que você deve calcular suas probabilidades no pote. A idéia é que você compare as probabilidades do pote com as chances de sua mão ser boa. Talvez compará-las com a variedade de mãos que outros jogadores poderiam ter também seria vantajoso. Se as chances forem boas, você pode decidir em pagar a aposta. Se elas não são tão boas, desisitir da mão seria melhor.

Ainda confuso? Vamos imaginar que você está jogando contra um jogador previsível que paga enquanto você aposta em uma combinação de par de dois:

  • No river chega uma carta de flush, então você passa enquanto ele aposta
  • O pote é 7.000 e ele aposta 3.000, o que dá a você 3.000 para pagar. Se você ganhar, receberia 10.000. Suas probabilidades do pote são são 3.333/1, ou seja, 30 por cento.

Você tem que decidir se seu par de dois tem uma chance de 30% de ser bom ou 30% de chance de ser ruim. Se fôssemos aconselhar você, sua melhor solução nesta situação seria desistir frente ao seu jogador previsível. Melhor prevenir do que remediar.

Poderes do raciocínio

Todo jogador de poker entende como é difícil decidir fazer um laydown. E se você estiver desistindo de uma mão vencedora? É por isso que as probabilidades do pote, o instinto e a leitura das mãos são tão importantes para fazer a adivinhação corretamente. Lembre-se de não se deixar intimidar pela mesa, pelas probabilidades e pelas pessoas, porque isso vai afetar as decisões que você toma. Não há vergonha em fazer laydown, desde que você economize fichas para mais tarde.